28 fevereiro, 2011

Virou moda...

É, pelo visto o Tubarão Deputado está virando moda...


18 fevereiro, 2011

Garganta profunda que NADA...

Dizem que os coiotes na fronteira EUA/MEX. tão de olho nele, aposto que cabe pelo menos quatro imigrantes ilegais ali... (garganta profunda que nada)

14 fevereiro, 2011

O oráculo: Indícios de que o Orkut está com o pé na cova

Em janeiro de 2004 Orkut Büyükkökten, engenheiro de software da toda poderosa Google, criava a rede social do circulozinho cor de rosa. Pouco mais de um ano depois, no dia cinco abril de 2005, foi lançada a versão brasileira do Orkut. Estava então dado o pontapé ao site que veio fazer tanto sucesso em terras tupiniquins. Por que usei o passado ao me referir ao sucesso da rede social da Skynet (digo, Google) é o que irei explicar ao longo deste post.


O Orkut de fato nunca foi uma rede social muito famosa mundo a fora. Na sua terra natal, por exemplo, foi um total fracasso, perdendo para rivais como MySpace e Facebook. Porem no Brasil e na Índia, não sei porque cargas d'água, o Orkut foi feliz. Acontece que esses dois países juntos somam aproximadamente 20% da população mundial, o que faz do Orkut uma rede social que mereceu o respeito mundial. Depois de encher a bola dele vamos ao que interessa, os indícios de que o Orkut está  prestes a comer grama pela raiz:


O primeiro indício é que toda essa soberania não durou muito na terra de Shiva. Os indianos já o trocaram pelo Facebook, é o que mostra a pesquisa da IBM feita em 2009 que pode ser vista aqui. Nessa pesquisa o Orkut só impera no Brasil, no Paraguai (quintal dos fundos do Brasil) e Estônia (um pais de estranhos do leste europeu). E se você olhar bem para o mapa verá que Mark Zuckerberg não passou o pé somente no Orkut, mas sim em várias outras redes sociais, a exemplo da Hi5 que fazia sucesso entre asiáticos e latino-americanos e hoje em dia é usado por uma meia dúzia de países pequenos.


O segundo indício é que tudo o que o Facebook cresceu nos últimos anos (que não foi pouco) ele crescerá ainda mais esse ano. Visto que o mundo, ou o Brasil pelo menos, é extremamente influenciado pela indústria americana de filmes. E este último teve a sua história inteira filmada em The Social Network, concorrendo a oito estatuetas (não sei o plural de Oscar). Depois do lançamento deste filme eu pude perceber que começou a pipocar amigos de tudo quanto é lado no Facebook, chuto que triplicou a minha quantidade de amigos em uns 4 meses.

E a prova de que a rede social azul esta vindo com tudo para o Brasil é que hoje ela já possui aproximadamente 6 milhões de usuários por aqui. Tudo bem que, segundo pesquisa da Info, o Orkut possui cerca de 8,6 vezes mais usuários brasileiros em relação ao Facebook. Mas considerando que a um ano atrás eles possuíam pouco menos de 1,5 milhão de usuários, 6 milhões então passa a representar um aumento de 200%. Isso é ou não é um senhor aumento?

Outro indício é obra da maior ditadora da interwebs e inimiga declarada da gigante do Vale do Silício, a Senhora Microsoft. A versão 2011 do Windows Live Messenger integra atualização de redes sociais (Facebook, MySpace, LinkedIn...) à sua Home. E o orkut? É óbvio que ficou de fora meu caro, seria como pedir para google associar o MSN ao GTalk. Portanto eu estimo que dentro de um ano, tempo de se adaptar ao novo MSN, toda a brazucaiada que se comunica pela ferramenta do Tio Gates estará criando a sua conta no Facebook. E estarão em contato com ele o dia inteiro sem o menor esforço de suas partes.

O indício mais cômico eu guardei por último. Lembra o cara que eu citei bem no comecinho? Sim, o Turco de nome estranho que trabalha na Google. Pois é meus amigos, ele possui um perfil no Facebook, o cara que inventou o Orkut e deu seu nome a criança... Agora a pergunta que fica é "Se até o Orkut se rendeu ao Facebook, por que eu ficaria fora dessa?".

Guardarei boas lembranças do orkut. Nele eu conheci novas pessoas, reencontrei velhos amigos, mantive contato com familiares, enfim, ele me foi bem útil por um tempo. Sinto muito quando penso, mas acho que o meu orkuticídio está próximo. O Facebook está tomando o lugar de rede social prioritária no meu cotidiano e eu não vejo mais a necessidade de manter duas contas em sites que possuem exatamente a mesma função.

Enquanto não cometemos nossos orkuticídios me ajudem aí, faltou algum indício importante?

O oráculo: Apresentações

Este post é basicamente para dizer a todos: "Oi, eu não sou o Lennon, eu sou um amigo dele". Alguns anos atrás eu costumava postar no extinto Swell (dêem uma olhada nos restos do falecido). Todo esse tempo longe deste ambiente vagal que é a "blogosfera brasileira" me deu uma puta vontade de voltar a escrever em blogs. Foi então que o Lennon solidariamente me cedeu um pequeno espaço em seu barraco internáutico.

Para não causar confusões, toda vez que um post começar com "O oráculo:" vocês poderão saber que é este que vos fala quem estará escrevendo. O oráculo será uma espécie de coluna onde eu escreverei a respeito de meus achismos sobre o futuro, sem pretensão de prevê-lo. É isso aí, mais tarde vem o primeiro post do Oráculo.

Hey, Você! Acorda!...

Eu vim ao mundo com 3 grandes funções: quebrar objetos, me queimar e RECLAMAR.
Eu fiz da última uma verdadeira arte, fico até meio triste quando passo o dia sem reclamar de algo.
Só que eu reclamo mas não lamento, reclamo do carro da frente a 20km/h na avenida, reclamo por ter chutado a quina da cama, reclamo da porcaria do atacante que já meteu 3 bolas na trave, enfim reclamo de chateações passageiras do cotidiano no momento em que elas acontecem e ponto final!

E por que tal discurso?

Percebi há algum tempo que algumas pessoas SÓ reclamam seja no twitter ou fora da internerds e eu fiquei profundamente irritado com a situação... Hipócrita eu? Não!!

Essas pessoas não reclamam de coisas corriqueiras ou chateações mínimas por mais irritantes que sejam.
Essas pessoas, meus caros amigos, reclamam insistentemente da própria vida durante todo o dia, reclamam do tédio durante suas férias, reclamam da solidão, da falta de um companheiro ou até mesmo de um amigo e quando não estão reclamando de algo, estão dissimulando sentimentos ou atacando pessoas próximas.

Algumas reclamam do tédio e da falta de atividades em algum lugar e não tem a mínima sutileza pra perceber que ficando com a bunda sentada em frente a um computador reclamando não vai acabar com o tédio de ninguém, que só se vence o tédio com criatividade suficiente pra desenvolver seus próprios meios de diversão.

Outras reclamam que estão sozinhas ou que nenhuma de suas "amizades" prestam, mas não tem capacidade pra ver que nenhum amigo gosta de ser manipulado ou menosprezado, as mesmas pessoas que reclamam de amigos falsos e oportunistas são tão dissimuladas a ponto de transferir para as pessoas que se afastaram os seus próprios defeitos. Claro que as pessoas se afastam, ninguém gosta de ser alvo de inveja ou ser boneco de alguém, e tudo o que o reclamão faz falar pelas costas, brincar com a vida alheia ou ainda ser uma pessoa TERRIVELMENTE antipática.

Agora vem o meu tipo preferido de bostão reclamão, aquele que reclama/twitta o dia inteiro frases sobre amor e reclama a falta de um(a) namorado(a), trívia do tio LennonX: Responda-me, quem quer namorar uma pessoa que é antipática, dissimulada, maldosa, invejosa e fofoqueira? Quem ai está interessado em manter um relacionamento amoroso com um ser recheado dessas virtudes?

Será, MEU DEUS, que a pessoa não enxerga que o problema é ELA, que se todo mundo se afasta, que se ninguém quer seu amor ou que seus dias são um SACO, A CULPA É TODA DELA.

Talvez seja a hora de desligar a porcaria do computador e pensar um pouquinho em como você, meu caro reclamão, interage com o mundo. Se você fosse mais sincero com seus amigos será que suas amizades durariam mais? E caso você parasse de se preocupar com o fato de eles estarem felizes e você não e parar um pouco de tentar puxar o tapete deles?
E você ai todo Carente, se você fosse uma pessoa mais cordial e sociável, tratasse melhor as pessoas que convivem com vocês mesmo que tenham idéias ou comportamentos discrepantes ao seus, será que ninguém se interessaria em te ter como o amor da vida dele? E se você aproveitasse mais sua vida, curtindo mais o momento e parando de tomar conta da vida alheia, será que ninguém gostaria de namorar uma pessoa alto-astral? A solidão não é culpa da beleza, da posição social, ou do seu dinheiro, já que pra todo panela existe uma tampa, mas para uma panela podre ou furada só existe o lixo... (vide eu, sou feio, pobre e coleciono alguns bons defeitos, mas tenho alguém que me ama e quer estar ao meu lado).

Então adorados reclamões parem de lamúriar sobre suas próprias vidas ou de como o mundo é cruel com vocês, cresçam um pouco observando seus defeitos e mudem tudo aquilo que vocês descobrirem de podre em vocês, (enchendo o texto de lugares comuns agora) todo mundo colhe o que planta e nessa vida só é infeliz quem quer...

E vocês amigos leitores conhecem alguém assim?

05 fevereiro, 2011

paint it black...

Rancharia, como muitas das pequenas cidades interioranas, carece de atividades recreativas, a opções são bem limitadas e pouco diversificadas, se divertir fica as custas da criatividade da galera.
Por sorte conheço um pessoal bem pro-ativo por aqui, sempre estamos inventando algo, um corujão de CS na casa de alguém, um churrasco, tocar um bom e velho rock'n'roll no balneário ou ainda passar a madrugada no tereré e metralhando merda pra todo lado...

Essa semana conseguimos marcar uma partida de paintball (que já tentávamos jogar desde o começo das férias mas sempre surgiam imprevistos). O equipamento é cedido pela Impacto Paintball de Rancharia de quem compramos os gás e a munição, e usamos o campo "urbano" montado no Parque Ecológico como arena...

Dessa vez em especial boa parte da galera nunca tinha jogado antes (exceto meu irmão, eu e mais dois amigos), o que proporcionou alguns acontecimentos únicos, além do fato de que no dia um amigo nosso tinha acabado de passar na Unesp, recebendo lá mesmo seu trote...

The Crew


De Mau é só a cara mesmo

Ruds e sua presa, bem no meio da fuça do Galow

 e Abaixo o vídeo do "trote"